Centro PlásticaCentro Plástica

PLÁSTICA FACIAL

Plástica Facial Completa ou Parcial (Face lifting)

A moderna plástica facial, segundo nossa concepção, deve ser discreta e proporcionar um rejuvenescimento natural e bem dosado. Os excessos de pele devem ser retirados e também os acúmulos de gordura em determinadas áreas como sob os olhos, debaixo do queixo e mandíbula e no pescoço, dando um contorno mais harmônico e definido. A pele não é mais tão “repuxada” como muitos dizem, porque sob ela, os músculos, principalmente do pescoço, são trabalhados e a gordura idem de forma que a pele “repousa” suavemente sobre essas estruturas. Isto dá um aspecto maravilhoso de naturalidade à plástica. As pálpebras são também criteriosamente operadas, respeitando-se a anatomia das mesmas de modo que a pessoa continua com sua própria expressão, rejuvenescida.

Plástica Eutrófica da Face (Ritidoplastia Eutrófica)

A plástica eutrófica da face é uma técnica moderna que não descola a pele, ela é realizada através da introdução de uma cânula subcutânea de forma a manter íntegros vasos e nervos. A técnica de autoria do próprio autor, (MD) surte um excelente resultado pós-operatório, além de procedimento feito através de anestesia local com sedativos e não utiliza drenos. O tempo de recuperação é mais rápido que o tradicional, o paciente é liberado no mesmo dia, sem curativos.

Plástica das Pálpebras (Blefaroplastia)

A moderna plástica facial, segundo nossa concepção, deve ser discreta e proporcionar um rejuvenescimento natural e bem dosado. Os excessos de pele devem ser retirados e também os acúmulos de gordura em determinadas áreas como sob os olhos, debaixo do queixo e mandíbula e no pescoço, dando um contorno mais harmônico e definido. A pele não é mais tão “repuxada” como muitos dizem, porque sob ela, os músculos, principalmente do pescoço, são trabalhados e a gordura idem de forma que a pele “repousa” suavemente sobre essas estruturas. Isto dá um aspecto maravilhoso de naturalidade à plástica. As pálpebras são também criteriosamente operadas, respeitando-se a anatomia das mesmas de modo que a pessoa continua com sua própria expressão, rejuvenescida.

Lift Frontal (Testa)

A moderna plástica facial, segundo nossa concepção, deve ser discreta e proporcionar um rejuvenescimento natural e bem dosado. Os excessos de pele devem ser retirados e também os acúmulos de gordura em determinadas áreas como sob os olhos, debaixo do queixo e mandíbula e no pescoço, dando um contorno mais harmônico e definido. A pele não é mais tão “repuxada” como muitos dizem, porque sob ela, os músculos, principalmente do pescoço, são trabalhados e a gordura idem de forma que a pele “repousa” suavemente sobre essas estruturas. Isto dá um aspecto maravilhoso de naturalidade à plástica. As pálpebras são também criteriosamente operadas, respeitando-se a anatomia das mesmas de modo que a pessoa continua com sua própria expressão, rejuvenescida.

Lift Cervical (Pescoço)

A moderna plástica facial, segundo nossa concepção, deve ser discreta e proporcionar um rejuvenescimento natural e bem dosado. Os excessos de pele devem ser retirados e também os acúmulos de gordura em determinadas áreas como sob os olhos, debaixo do queixo e mandíbula e no pescoço, dando um contorno mais harmônico e definido. A pele não é mais tão “repuxada” como muitos dizem, porque sob ela, os músculos, principalmente do pescoço, são trabalhados e a gordura idem de forma que a pele “repousa” suavemente sobre essas estruturas. Isto dá um aspecto maravilhoso de naturalidade à plástica. As pálpebras são também criteriosamente operadas, respeitando-se a anatomia das mesmas de modo que a pessoa continua com sua própria expressão, rejuvenescida.

Rinoplastia (Nariz)

O nariz ganha um contorno mais suave, com o dorso reto ou levemente côncavo e até um pouco “arrebitado” na ponta, se o paciente assim o desejar. A ponta pode também ser afilada e a largura na base do nariz pode ser diminuída. Também as dimensões das narinas podem ser suavizadas.

A plástica nasal deve ser natural para não parecer “nariz de plástica”. Pode ser feita com anestesia local ou geral, dependendo do que for combinado na consulta. A partir de 14 anos de idade.

MENTOPLASTIA (QUEIXO)

O queixo “para dentro” muitas vezes é a causa do nariz grande, dentro de uma visão relativa. Uma pequena operação visando projetar para frente o contorno do queixo, feita sob anestesia local e introduzindo uma pequena peça de material sintético que se acomoda sobre o osso e produz resultados surpreendentes. É possível também utilizar o próprio osso obtido da rinoplastia concomitante, enxerto de gordura ou outro preenchimento injetável sem necessidade de cortes. Esse conjunto de plástica nasal e plástica do mento também é conhecida como perfiloplastia.

OTOPLASTIA (ORELHA)

As orelhas, muitas vezes “para fora”, causam trauma nas crianças pelos inúmeros apelidos que colocam na escola. Por isso, deve ser operada precocemente aos 6 ou 7 anos de idade. Deve ser sob anestesia geral. Se for adolescente ou adulto o paciente, portanto cooperativo, faz-se com anestesia local.

REVOLUMIZAÇÃO FACIAL (LIPO ENXERTIA)

É um procedimento moderno em que consiste em transferir gordura (células adiposas) de outros lugares do corpo para a face. Com o envelhecimento a face vai perdendo volume e ficando murcha, ao exemplo das uvas, que quando são tenras, são tugidas e lisas e com o tempo, tornam-se uvas passas, secas de pouco volume e enrugadas, as áreas de transferência de gordura são geralmente da face interna dos joelhos, da raiz das coxas, da raiz das mamas e as vezes dos flancos. Essa gordura é injetada nos sulcos faciais e nas zonas que apresentam maior envelhecimento. Isso tudo é feito junto com a operação da plástica facial no mesmo tempo geralmente sob anestesia local e pode também ser feita independente da plástica numa sessão a parte também sob anestesia local.

A gordura além do efeito de recuperar o volume tem o efeito rejuvenescedor sob a pele pois transporta o número razoável de células tronco. O nome desse procedimento chama-se revolumização da face ou lipoenxertia facial.

PREENCHIMENTOS FACIAIS

Em algumas situações, a plástica facial não está indicada mas, podemos melhorar os sinais de envelhecimento usando algumas substâncias chamadas de preenchimento para atenuação dos sulcos de expressão e rugas. Na região da testa e à volta dos olhos (pé de galinha), consulte-nos.

Ela interrompe a sinapses neuromusculares nas áreas de expressão e mímica facial escolhidas pelo cirurgião relaxando a musculatura e deixando os músculos em repouso por quatro a seis meses. É feito isoladamente num procedimento que dura cerca de vinte minutos com o uso de analgésicos e frio locais e também pode ser feito junto a plástica facial pois promove um relaxamento muscular muito bom para o pós-operatório da cirurgia da face.

BOCA E LÁBIOS

Para o aumento ou definição dos lábios dispomos do implante líquido, totalmente antialérgico. O paciente recebe uma anestesia local mais sedação e está apto para continuar suas atividades no decorrer do dia.

PEELINGS

Os peelings são procedimentos que visam remover a camada córnea de epiderme da pele objetivando uma renovação celular. Podem ser químicos ou mecânicos, os químicos usam substâncias ácidas ou preparados esfoliantes e o mecânico faz uma abrasão mecânica usando-se um aparelho que o cirurgião controla manualmente (dermoabrasor) para atingir a profundidade desejada. No período de sete a nove dias nasce uma pele nova e regenerada cuidados complementares com cremes, filtros solares, e não exposição ao sol são tomados.

IMPLANTE DE CABELO

A cura cirúrgica da calvície é indicada para aqueles que apresentam cabelos caducos na parte anterior da calva (entradas) e posterior (coroinha) e possuem cabelos firmes na região da nuca que não caem.

Os cabelos da parte posterior, que não caem, são então transplantados para as zonas calvas. A Interclínica-Centroplástica está equipada para a técnica do transplante fio a fio, que confere um aspecto natural do mesmo sem aquela aparência estigmatizante de cabelos implantados.

O EXCELLENCE está apto a dar todo o apoio cosmetológico ao cliente de calvície recém-operado, com banhos, aplicações e massagens.

PLÁSTICA DO CONTORNO CORPORAL

PLÁSTICA MAMÁRIA DE REDUÇÃO (MAMOPLASTIA REDUTORA)

Mamas devem ser operadas para diminuir ou aumentar seu volume ou mesmo para melhorar sua forma quando são muito caídas. Se forem muito pesadas, a operação indicada é a redução do volume. Deve ser feita na juventude, pois evita-se que se deforme a coluna e também evita-se complexos e outros sentimentos, capazes de afetar o comportamento sexual e a autoestima. Se forem muito pequenas, podem ser aumentadas introduzindo por um pequeno corte (por invólucro), um implante de silicone conhecido como prótese.

Essa prótese tem uma forma arredondada, de perfil alto geralmente, e é na verdade um invólucro de silicone (um envelope), preenchido por um gel da mesma substância, com alta coesividade, que não permite vazamentos. A incisão (desse preenchimento) pode ser feita no suco submamário, abaixo (debaixo) da mama, (numa meia lua) no polo inferior da aréola acompanhando a mesma, numa meia-lua ou na prega da região axilar ficando a escolha de acordo com a preferência do paciente (e suas limitações as vezes anatômicas).

Caso as mamas sejam muito caídas, podem ser corrigidas retirando-se o excesso de pele e fazendo com que a mama fique ereta e em uma posição estética agradável, mas para isso, além do implante de silicone, é preciso fazer certos cortes na pele.

A operação de redução das mamas deixa algumas cicatrizes. Não há como fazer esta operação sem cicatrizes. Esse assunto deve ser muito discutido com o cirurgião e a paciente deve sentir vantagem ao trocar uma mama grande e feia sem cicatrizes por uma bonita e com cicatrizes.

A operação para o aumento das mamas, a cicatriz e muito pequena, quase imperceptível, junto a aréola ou no sulco sob a mama ou prega axilar, de aproximadamente 04 cm. A operação pode ser feita sob anestesia local com sedação em sua grande maioria, peridual, ou mesmo geral, de acordo com o que for decidido entre o cirurgião e o paciente.

PLÁSTICA MAMÁRIA DE AUMENTO (IMPLANTE OU PRÓTESE DE SILICONE)

Mamas devem ser operadas para diminuir ou aumentar seu volume ou mesmo para melhorar sua forma quando são muito caídas. Se forem muito pesadas, a operação indicada é a redução do volume. Deve ser feita na juventude, pois evita-se que se deforme a coluna e também evita-se complexos e outros sentimentos, capazes de afetar o comportamento sexual e a autoestima. Se forem muito pequenas, podem ser aumentadas introduzindo por um pequeno corte (por invólucro), um implante de silicone conhecido como prótese.

Essa prótese tem uma forma arredondada, de perfil alto geralmente, e é na verdade um invólucro de silicone (um envelope), preenchido por um gel da mesma substância, com alta coesividade, que não permite vazamentos. A incisão (desse preenchimento) pode ser feita no suco submamário, abaixo (debaixo) da mama, (numa meia lua) no polo inferior da aréola acompanhando a mesma, numa meia-lua ou na prega da região axilar ficando a escolha de acordo com a preferência do paciente (e suas limitações as vezes anatômicas).

Caso as mamas sejam muito caídas, podem ser corrigidas retirando-se o excesso de pele e fazendo com que a mama fique ereta e em uma posição estética agradável, mas para isso, além do implante de silicone, é preciso fazer certos cortes na pele.

A operação de redução das mamas deixa algumas cicatrizes. Não há como fazer esta operação sem cicatrizes. Esse assunto deve ser muito discutido com o cirurgião e a paciente deve sentir vantagem ao trocar uma mama grande e feia sem cicatrizes por uma bonita e com cicatrizes.

A operação para o aumento das mamas, a cicatriz e muito pequena, quase imperceptível, junto a aréola ou no sulco sob a mama ou prega axilar, de aproximadamente 04 cm. A operação pode ser feita sob anestesia local com sedação em sua grande maioria, peridual, ou mesmo geral, de acordo com o que for decidido entre o cirurgião e o paciente.

PLÁSTICA MAMÁRIA EM HOMENS (GINECOMASTIA)

Significa mama em homem, aparece na adolescência por uma fase hormonal no período da pré-adolescência. Está intimamente relacionada com mudanças hormonais. Geralmente involuem espontaneamente com o crescimento, caso não involuam precisam ser operadas pelo cirurgião plástico por sua presença trazer distúrbios de origem psicológica nos jovens que muitas vezes se privam de ir à praia, de se despir ou de usar camisetas. Atualmente é muito frequente também em adultos quando em academias de ginástica resolvem fazer uso de anabolizantes que em alguns indivíduos promove aumento considerável das mamas precisando também ser operado. O tratamento é feito sob anestesia local com o pequeno corte no polo inferior da auréola e a retirada da glândula e na maioria das vezes uma pequena lipoaspiração radial complementar em toda região peitoral. O pós-operatório é de mais ou menos dez dias e exige a colocação de um colete apertado comprimindo a zona operada.

PLÁSTICA ABDOMINAL E DA CINTURA (ABDOMINOPLASTIA)

O abdômen pode ser flácido e ou globoso. O exame apurado do cirurgião dirá se a “parede da barriga” está íntegra, isto é, se não tem qualquer hérnia ou se está flácida ou não.

A operação tem dois objetivos: primeiro corrigir essa parede cirurgicamente, fazendo-a reforçada justa e cintada. Segundo, retirar o excesso de pele e gordura que existam sobre essa nova parede recém-moldada. Essa retirada pode ser feita por uma incisão maior, estendendo para os lados como se fora uma “cesárea alongada” ou menor ou só com lipoaspiração com um pequeno corte na região sobre os pelos pubianos, dependendo do que for combinado com o cirurgião, numa consulta longa e esclarecedora. Geralmente são feitas as plásticas abdominais sob anestesia local ou peridural (locorregional).

O paciente pode ter alta no dia seguinte. Os resultados são animadores, com a recuperação da silhueta abdominal, com uma nova cintura afinada e com a parede abdominal anterior sem flacidez

LIPO (HIDROLIPO) E LIPOESULTURA

A Lipoplastia (também chamada de lipoaspiração) é uma das técnicas cirúrgicas modernas mais fascinantes, pois pode resolver um problema de acúmulo localizado de gordura, numa operação rápida e com incisões de alguns milímetros, o bastante para introduzir a cânula, que pode ter de 02mm a 06mm, geralmente. Também é conhecida como lipoaspiração, lipossucção ou lipoescultura, quando se injeta a gordura retirada em outras áreas. Não deve ser indicada para “emagrecer” a pessoa e sim para corrigir zonas de depósito de gordura. Se for pequena a zona a ser aspirada pode ser feita com anestesia local. No abdômen e membros inferiores, usam-se muito a anestesia peridural. Se forem muitas áreas pode ser indicada a anestesia geral.

As zonas mais lipoaspiradas são: “papadas” no pescoço, a parte lateral do tórax próximo às mamas, abdômen acima do umbigo que alguns chamam de “estômago”, abdômen abaixo do umbigo, flancos e cintura, entre coxas, culotes, joelhos e braços em sua parte posterior. A recuperação é muito rápida e não oferece riscos (diferente do que tem outras cirurgias).

PLÁSTICA PARA FLACIDEZ DE BRAÇOS

A Lipoplastia (também chamada de lipoaspiração) é uma das técnicas cirúrgicas modernas mais fascinantes, pois pode resolver um problema de acúmulo localizado de gordura, numa operação rápida e com incisões de alguns milímetros, o bastante para introduzir a cânula, que pode ter de 02mm a 06mm, geralmente. Também é conhecida como lipoaspiração, lipossucção ou lipoescultura, quando se injeta a gordura retirada em outras áreas. Não deve ser indicada para “emagrecer” a pessoa e sim para corrigir zonas de depósito de gordura. Se for pequena a zona a ser aspirada pode ser feita com anestesia local. No abdômen e membros inferiores, usam-se muito a anestesia peridural. Se forem muitas áreas pode ser indicada a anestesia geral.

As zonas mais lipoaspiradas são: “papadas” no pescoço, a parte lateral do tórax próximo às mamas, abdômen acima do umbigo que alguns chamam de “estômago”, abdômen abaixo do umbigo, flancos e cintura, entre coxas, culotes, joelhos e braços em sua parte posterior. A recuperação é muito rápida e não oferece riscos (diferente do que tem outras cirurgias).

PLÁSTICA PARA FLACIDEZ DE COXAS

A Lipoplastia (também chamada de lipoaspiração) é uma das técnicas cirúrgicas modernas mais fascinantes, pois pode resolver um problema de acúmulo localizado de gordura, numa operação rápida e com incisões de alguns milímetros, o bastante para introduzir a cânula, que pode ter de 02mm a 06mm, geralmente. Também é conhecida como lipoaspiração, lipossucção ou lipoescultura, quando se injeta a gordura retirada em outras áreas. Não deve ser indicada para “emagrecer” a pessoa e sim para corrigir zonas de depósito de gordura. Se for pequena a zona a ser aspirada pode ser feita com anestesia local. No abdômen e membros inferiores, usam-se muito a anestesia peridural. Se forem muitas áreas pode ser indicada a anestesia geral.

As zonas mais lipoaspiradas são: “papadas” no pescoço, a parte lateral do tórax próximo às mamas, abdômen acima do umbigo que alguns chamam de “estômago”, abdômen abaixo do umbigo, flancos e cintura, entre coxas, culotes, joelhos e braços em sua parte posterior. A recuperação é muito rápida e não oferece riscos (diferente do que tem outras cirurgias).

IMPLANTE DE SILICONE PARA NÁDEGAS

A região glútea é extremamente importante para a obtenção de uma silhueta corporal personalizada e atraente, seja no mundo masculino ou feminino, seja para obtenção de um perfil viril ou seja para obtenção de um perfil erótico. Quando há queixa de volume glúteo pequeno ou pouco expressivo, o cirurgião plástico modernamente tem em seu arsenal a prótese glútea. Trata-se de um implante de silicone gel de alta coevilidade contido por um envelope de silicone denso, dando-lhe a forma discoide ou ovalada podendo ser usada uma ou outra de acordo com a preferência do cirurgião e seu paciente. As próteses são introduzidas dentro dos músculos glúteos, por um corte pequeno localizado na região Inter glútea e que não fica aparente. Durante uma semana a pessoa deve guardar repouso dormindo de barriga para baixo ou levemente de lado podendo deambular normalmente.

IMPLANTE DE SILICONE PARA COXAS

As coxas sejam em homens ou mulheres são instrumentos de virilidade e também erógenos ou de atração sexual. Atualmente são muito solicitadas operações plásticas para aumentar o volume das mesmas e corrigir certas imperfeições como o arqueamento das pernas, em que ao juntar os joelhos forma-se uma ogiva entre as coxas, o que cria uma grande insatisfação entre os pacientes. O recurso que o cirurgião plástico moderno tem é a inclusão de próteses longas em forma de fuso entre músculos da face interna da coxa criando uma situação mais anatômica, mais agradável e esteticamente são introduzidas por um corte pequeno no sulco subglúteo na parte posterior da coxa.

IMPLANTE DE SILICONE PARA PANTURRILHAS

Os pacientes que não possuem tamanho da panturrilha compatível com seu padrão podem ser submetidos à uma colocação de prótese de silicone sob a musculatura da panturrilha. Esta concede uma aparência mais volumosa e larga do músculo. O paciente retorna rapidamente às suas atividades normais.

CIRURGIA ÍNTIMA

São correções cirúrgicas que podemos fazer na genitália seja masculina ou feminina para melhorar a estética e muitas vezes a funcionalidade desses órgãos. Na mulher, é muito freqüente a procura por redução dos pequenos lábios da vulva, que chamamos de ninfoplastia que executamos sob anestesia local mais sedação utilizando técnica própria de redesenho dos lábios vulvares. O clitóris não é tocado. Está indicada em quatro situações: queixa estética, queixa funcional (dor no momento do coito ou dificuldade de penetração), queixa ligada à higiene e queixa ligada à dor causada pela indumentária justa. A cicatrização é rápida (3 dias em geral) e os pontos são absorvidos pelo organismo estando a mulher apta para voltar a ter relações sexuais aproximadamente 10 dias após a cirurgia.

Outro procedimento muito usado na genitália feminina é o implante de gordura nos grandes lábios da vulva em caso de mulheres que considerem essa região muito flácida, algumas vezes causada pela idade.

Também operações no frênulo labial vulvar, parte mais próxima do ânus é feita no sentido de corrigir roturas frequentes nesta região causadas pelo trauma do coito.

Outras vezes pequenas correções na própria região anal, como plicomas e hemorroidas externas podem ser feitas.

Nos homens é frequente a demanda por diminuição de excesso de pele do prepúcio, correção do cabresto curto, lesão incapacitante que causa ferimentos na hora do coito.

OUTROS

Plástica de Cicatrizes

A pele uma vez lesada, forma uma cicatriz que repara a zona de lesão. Infelizmente, nenhuma técnica ou “plástica” pode fazer com que desapareça. O que o cirurgião plástico faz é tentar escondê-la numa prega de flexão, um sulco natural do corpo, aprimorá-la, tornando-a mais delicada e fina, ou transformando-a num Z único ou múltiplo para que não sofra retração.

SEQUELA DE TRAUMA

Pode ser apenas uma correção de cicatrizes como explicado no item interior, ou mesmo a correção de partes moles e defeituosas ou faltantes ou mesmo correção óssea de fraturas de ossos geralmente da face.

DEFORMIDADES CONGÊNITAS

Algumas crianças nascem com defeitos congênitos, como falta da orelha, fendas faciais, geralmente nos lábios ou no céu da boca, conhecidas como “goela de lobo”. O cirurgião plástico deve ser contatado imediatamente, pois mesmo que não vá operar a criança prontamente, só ele saberá orientar o tratamento, coordenando uma equipe multidisciplinar de médicos, psicólogos, dentistas, para que em processos de alguns anos, possa conduzir essa criança a uma vida o mais próximo do normal possível.

LIMPEZA CIRÚRGICA DA PELE

Inúmeros tumores da pele são tratados com cauterizações e “raspagens”, mas a maioria das vezes o ideal mesmo é que se faça uma retirada cirúrgica de toda a lesão, para uma cura definitiva. Para isto, o cirurgião ástico é treinado durante longos anos e ninguém melhor que ele para fazê-los. Muitos desses tumores são benignos, mas outros, mesmo benignos, podem um dia se transformar numa doença mais séria.

Também fazemos muito, modernamente, o que chamamos de “limpeza cirúrgica da pele”, para essas pessoas que de repente, ao passar geralmente dos 50 anos, aparecem com uma infinidade de manchas, pintas, “sinais” e verrugas na face e no tronco, numa operação rápida usando bisturi com ondas de rádio de alta frequência.

QUEIMADURA

Trata-se de lesão da pele por agente físico, no caso, o calor. Pode ser primeiro, segundo ou terceiro grau. Podem necessitar de tratamento médico especializado e em muitas das vezes internação pois há comprometimento não só local mas também de toda a economia do corpo. Se apenas localizadas, podem ser tratadas com cremes e remédios via oral. Se extensas, necessitam de tratamento especializado e são ministrados remédios venosos e antibióticos. Isto é, o tratamento da queimadura na fase aguda. Na fase crônica, o cirurgião plástico pode tratar também das sequelas da pele, melhorando um pouco seu aspecto e também retrações cicatriciais que impedem os movimentos.

FOTOENVELHECIMENTO

Como o nome está dizendo, a pele se apresenta muito lesada, encarquilhada, e com aparência senil, incompatível com a idade. É muito comum esse tipo de pele em colônias de pescadores e indivíduos frequentadores obsessivos das praias.

A luz solar possui inúmeros tipos de comprimentos de ondas e vários tipos de radiação e acabam por lesar as fibras elásticas e colágenas da pele e as vezes causam até alterações cromossomiais como o aparecimento de câncer.

O melhor tratamento é a prevenção por filtros solares e a não exposição longa ao sol. Uma vez já estabelecida a lesão, a Centroplastica tem o departamento de cosmetologia que aplica tratamentos intensivos de hidratação e permeabilização da pele de forma que cosmeceuticos e máscaras colágenas importadas da Alemanha promovem a revitalização dessas faces lesadas.

TRATAMENTO DE CELULITE POR ENDERMOLOGIE

A celulite é um processo de inflamação crônica da camada de gordura que envolve o nosso corpo. Tem grande incidência nas mulheres, principalmente nos membros inferiores. Há um componente constitucional da pessoa e também hábitos alimentares como o excesso de ingestão de sal, açúcar e hormônios levam ao aparecimento da celulite que é um dos grandes tormentos da mulher moderna.

A Centroplástica tem indicado o tratamento por endermologia e usa um método que trata a área celulítica, desinflamando e retirando o excesso de águas dos tecidos. Para isso, usa equipamento francês –CELLU-M6 obtendo resultados animadores.

REJUVENESCIMENTO FACIAL

HIPERIDROSE

ENTRE EM CONTATO PARA MAIORES INFORMAÇÕES E/OU MARCAR UMA CONSULTA CONOSCO.